Actualidades e curiosidades sobre a freguesia de Sobrado - Valongo
Terça-feira, 28 de Agosto de 2007
Bugios vs Máscara ibérica

    

 

Bugios vs máscara ibérica

 

Há dias revisitei o museu ibérico da máscara e do traje em Bragança, quase em simultâneo um outro sobradense também o visitava com a sua família , deixando-me posteriormente um comentário manifestando a sua pena de não ver representado no museu as bugiadas . Confesso que também senti a falta da " nossa" festa no museu, não obstante numa rápida pesquisa ao site oficial do projecto encontrei algumas respostas.

O projecto visa um trabalho estreito entre a região interior norte portuguesa ( nordeste transmontano mais propriamente) e as províncias espanholas de Zamora e Leon , não só no sentido da preservação e divulgação da máscara mas também, utilizando esta como meio dinamizador de expansão comercial e cultural. Numa zona onde a desertificação é mais que uma palavra é uma realidade, um projecto deste género faz toda a diferença. Não se trata apenas de um projecto de divulgação cultural, é também  um forte esforço de dois países para uma nova dinâmica empresarial e cultural.

O museu ( como podemos aliás ler no seu site) não pretende ser um espaço de apenas exposição cuidada do que poderia ser considerado " cultura carnavalesca", mas sim, dar a conhecer uma cultura transfronteiriça.

Nesse sentido, e apesar das indiscutíveis ligações da bugiada às tradições de inverno do interior transfronteiriço rapidamente nos apercebemos que são mais os laços que nos separam do que aqueles que nos unem.

Saliento apenas a iniciativa da Progestur na exposição itinerante " Máscaras ibéricas" que reúne actualmente ( até dia 30 de Agosto) na estação do Rossio, em Lisboa uma exposição de máscaras na qual estão representadas as Bugiadas .

 

http://www.progestur.net/v2/

Site onde estão divulgadas outras actividades ligadas à Máscara Ibérica, desta feita onde constam as Bugiadas

 

http://www.mascaraiberica.com/portugues/idioma1.html

Site oficial da iniciativa financiada pela FEDER, Museu da máscara ibérica, onde pode ser lido as finalidades e objectivos do projecto em questão.

 

Aos sobradenses resta a esperança de ver a Casa/Museu da casa do bugio tornar-se uma realidade.

 

 


sinto-me: cultura e etnografia

publicado por estoriasdaminhaterra às 11:05
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


posts recentes

Festa de Carnaval da Comi...

Esclarecimento sobre a Co...

Inauguração da estátua ao...

Festa Srª Necessidades

IR- Aniversário

Sobrado em chamas

Nuno Ribeiro vencedor

Civismo rasca

Campo de férias na Casa d...

Bugiadas a património da ...

arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

tags

todas as tags

favoritos

A lógica da batata

Morra marto morra farto

No ano em que se partilha...

Dois molhos de palha

Duas bandas para quê!?

Efeitos secundários não c...

Esta já está...

É para a porta do leão fa...

Pendurado na ponte

O irogo

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds